sábado, 23 de outubro de 2010

A Serra e o Mar...da Minha Cidade - Figueira da Foz

Nunca pensei gostar tanto de ti...
Caminhar por esses destinos de montes, num dia de outono monótono e triste.
A serra é ainda mais bela e o mar seduz-me com ela.
Sol distante, que se afoga nas águas do último horizonte do crepúsculo da noite.
Algo em mim,faz despertar este lugar de recordações longínquas...
A serra,já é minha amante...
O mar sou eu,que te abraço e te levo outra vez a passear comigo.
Pequenos arbustos,ervas e o canavial defronte vacilam perante o vento intimido.
Eu,oscilo também,ao lembrar-me de outros tempos eternos...
Contemplo uma vez mais o mar e a serra da minha cidade,antes de partir...
Num dia triste de outono,nunca pensei gostar tanto de ti...

(em "A Serra e o Mar...da Minha Cidade - Figueira da Foz")

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...