quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Maria Clara *5/10/1923 - 2/09/2009*

Morreu ontem, com 85 anos de idade, Maria Clara, a inigualável interprete da canção da Figueira, tendo decorrido o funeral, hoje, na cidade do Porto.
Maria Clara, aliás Maria da Conceição Ferreira Machado Vaz, de seu nome verdadeiro, nasceu a 5 de Outubro de 1923 em Lisboa. Começa bem cedo a cantar e rapidamente conquista a todos com a sua voz cristalina e doce.
Em 1943, consegue os aplausos da crítica e do público ao protagonizar a opereta "A Costureirinha da Sé", estreada no Porto, onde contracenava com António Vilar, Costinha e Luísa Durão.
É durante as sessões dessa opereta que Maria Clara conhece aquele que viria a ser o seu marido, o professor catedrático Júlio Machado de Sousa Vaz. Maria Clara, cantou na rádio, participou em algumas revistas, operetas e peças de teatro. Gravou um vasto reportório de canções de todos os géneros, desde o fado a canções ligeiras, marchas, etc. Entre as canções mais conhecidas que ficaram para sempre na nossa memória, destacam-se "Figueira da Foz", "Marcha do Outono", "Ó Zé Aperta o Laço", e "As Pedras Que Tu Pisas”. No cinema ficou gravada a sua pequena participação no filme «Três Espelhos», onde aparece a cantar um belo fado.
Para nós Figueirenses,ficará para sempre nas nossas memórias a linda canção "Figueira da Foz"

.
.
Figueira, Figueira da Foz
Das finas areias Berço de sereias
Procurando abrigo.
Estrelas, doiradas estrelas
Enfeitam o Mar
Que pede a chorar
Para casar contigo.
Figueira, e à noite o luar,
Deita-se a teu lado
A fazer ciúmes
Ao teu namorado.
E a Serra, que te adora e deseja,
Também sofre com a luz do Sol
Que te abraça e te beija.
(em "Maria Clara")

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...