quinta-feira, 8 de julho de 2010

Noites Quentes de Verão...

O verão já chegou...
Traz ventos quentes,embriaguez do meu destino.
Alegrias e saudade que fizeram e fazem o meu tempo que me pertence.
Dias largos à solta sem dono.
Procuram-se sombras e sonhos para combater o cansaço,o suor do meu corpo. 
Suor da vida,que vai destilando pelos poros da pele bronzeada.
Olhos semiabertos com sede e vontade de dormir,desejo ardente de ti...
Abandonado pelo sono que não chega...
Lençol branco e aquoso desprezado,por cima do colchão que também já foi teu.
Sol da madrugada,que já bate à minha janela!
Ar fresco com cheiro deste mar,que tanto amo...
Meu companheiro e amigo de toda uma vida.
O meu verão quente já chegou...

(em"Noites Quentes de Verão...")

3 comentários:

  1. É sempre quente o verão não é catavento,vamos curtir na maior,o resto não conta,é sempre na onda.

    ResponderEliminar
  2. Ficava aqui a noite inteira a ler-te, ao som desta magnifica música, Catavento!
    Noites quentes de Verão! O quanto ansiei por elas meu amigo!
    E cuidado com a Madrugada pá...
    ;)
    Bonito o que escreveste
    Bom fim de semana
    Beso

    ResponderEliminar
  3. Marta Santos - Coimbra12 de julho de 2010 às 10:20

    Faço minhas as palavras da amorde madrugada,nada mais a acrecentar e parabéns pelo seu lindo blog,que tambem já visitei muitas vezes.
    Adorei mais uma vez,ler o que escreveu.

    ResponderEliminar

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...