domingo, 23 de agosto de 2009

As Rotundas...da Minha Terra (1)


A minha aldeia já é vila...ainda antes de o ser e com o seu normal desenvolvimento apareceram as primeiras rotundas,onde desembocam várias ruas e o trânsito se processa em sentido giratório, com mais segurança e afoiteza.
Algumas são lindas e eficientes...são verdadeiras homenagens ao povo desta terra e às suas raízes ...basta parar um momento, olhar,admirar e refletir sobre o seu significado.
No caso desta primeira rotunda que escolhemos para início,os Covagalenses sabem o que a mulher e mãe da sua pequena povoação representou,representa e quão importante foi desde as origens da nossa terra...a Peixeira.
Surgiu-me a ideia de publicar algumas fotos de rotundas da Cova Gala,derivado ao comentário de um leitor.
(em"Rotundas Da Minha Terra")

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...